domingo, 28 de junho de 2009


Porque antes mesmo de escutar a música eu já me encantei pela letra!




Água Contida


Eu, chorando
Com essa cara toda amassada
Com esse olho em carne viva, retalhada
E esse nariz que não pára de escorrer




Eu, chorando
Tão previsível quanto areia no deserto
Mais patético sem ninguém por perto
Tão imenso que não dá mais pra conter




Então sai, deixa correr
Toda a água contida
Então sai, deixa correr
Toda mágoa velada é água parada
E uma hora transborda





Você pode não entender se às vezes fico pelos cantos
Um tanto quieta, recolhida, mergulhada no meu pranto
É que ele me liberta na hora
No momento em que eu boto pra fora
O que já não me serve vai embora
E assim, eu fico leve




Pitty

terça-feira, 16 de junho de 2009

Prazer em ser diferente de você!





Não venha dizer que sou auto suficiente, na verdade essa frase (do título) está na letra da música "Por não ter o que dizer" da banda Dead Fish, uma das minha mais novas inspirações na área musical.
____________________________________________________________________
E foi através dessa musica que hoje, mais do que nunca, sei que ser diferente de você é uma virtude.Não estou desfazendo da personalidade de ninguém, ao contrário, o que me faz observar certas pessoas que me cercam é exatamente o fato de saber que você é diferente de mim.
______________________________________________________________
Acredito em Lavoisier quando disse que nada se cria, tudo se transforma .Assim como eu, que já fui uma pessoa tão.... pacata é a palavra certa, e agora a cada dia que presto atenção em minhas atitudes sei que a ingenuidade das crianças e a confusão dos adolescentes, não fazem mas parte do que sou.
_____________________________________________________________________
Mas isso não me transtorna, não me magoa e nem me frustra, ao contrário, me constrói. E é essa construção de idéias que me forma a cada segundo, hoje sei que sou egoísta para alguns, mas também sei que sou incontestável para outros. ______________________________________________________________

E para mim, sou eu mesma, nada além de uma pessoa que busca um caminho diferente para encontrar o mesmo lugar comum da humanidade, percebi que já não é meu forte sonhar demais, e hoje com os pés ainda flutuantes não me importo se daqui a dez anos ainda terei sonhos a realizar, o que me pergunto todos os dias é se terei a mesma urgência em viver, preencher minha mente e expandir minha alma.





Magalli Souza