quarta-feira, 1 de abril de 2009

Tudo Mudou Por Aqui



Tudo mudou por aqui,
porque tudo sempre muda e não vai parar.
Amigos mudam, coisas mudam, o mundo muda, você muda
e eu nada faço além de tentar acompanhar esse ritmo.
A minha mudança é diferente, lenta, aos poucos, não porque é meu ritmo,
mas porque eu quero, é fascinante descobrir que todos seguem um rumo
e eu fico só a observar (seguindo o meu também, que não é nada desinteressante).





Amigos crescem e se tornam irreconhecíveis,
familiares envelhecem e agente nota que a vida passa rápido,
lugares se modificam e não são mais nossos cartões postais de memórias antigas.
E o vento leva tudo, as vezes sem deixar rastros para trás.





É incrível a quantidade de pessoas que passam por nossas vidas
já parou pra contar quantas pessoas já te cativaram?
Desde criança sempre temos um melhor amigo(a), o tio mais engraçado, a professora mais querida, o colega mais bobo, o grupo mais louco e juramos nunca esquece-los.
Mas o tempo passa e eles acabam se tornando, o antigo amigo verdadeiro, o velho tio que já não é tão engraçado, a professora que já não é mais jovem, o colega bobo que cresceu e ficou sério e o
grupo louco que se separou e já não mais existi.





O espelho muda, e a cada dia surgi uma imagem diferente, mais madura
mais imponente, talvez mais séria ou mais largada, com sonhos novos ou antigos,
cheia de lembranças, amores e desamores.
E é sempre assim, seguindo um ritmo que levamos a vida, o meu a cada dia encontra um
tempero diferente, quero o sossego do samba, mas também a loucura do rock,
a leveza lírica e a doçura do folk, eu quero ver a vida sorrindo pra mim, e quero sorrir pra ela,
e talvez o mundo me dê uma chance de fazer dessa mistura um novo estilo de viver!







Magalli Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário